Páginas

Resenha Book: Crepúsculo - Stephanie Meyer


Titulo: Crepúsculo
Autora: Stephanie Meyer  
Paginas: 355
Editora: Interseca
Avaliação: 4


Prólogo:

Nunca pensei muito em como morreria — embora nos últimos meses tivesse motivos suficientes para isso —, mas, mesmo que tivesse pensado, não teria imaginado que seria assim.
Olhei fixamente, sem respirar, através do grande salão, dentro dos olhos escuros do caçador, e ele retribuiu satisfeito o meu olhar. Sem dúvida era uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, de alguém que eu amava. Nobre, até. Isso devia contar para alguma coisa.
Eu sabia que, se nunca tivesse ido a Forks, agora não estaria diante da morte. Mas, embora estivesse apavorada, não conseguia me arrepender da decisão. Quando a vida lhe oferece um sonho muito além de todas as suas expectativas, é irracional se lamentar quando isso chega ao fim.
O caçador sorriu de um jeito simpático enquanto avançava para me matar. 


 Resenha:
         Quando peguei o livro em minhas mãos pela a primeira vez eu tinha cerca de 15 anos, em média, e foi no ano de 2008. A minha primeira impressão foi a seguinte, que livro bonito! Convencido de que a capa era bonita e isso já era um motivo muito forte para acreditar que o livro era bom. Calma eu gostei do livro sim, tanto que eu me forço a ler pelo menos de uma vez por ano. Porque me forço a isso, gente a escrita da autora e muito, muito, muito bom. Claro não podemos deixar de citar que o livro e/foi de uma repercussão muito grande no Brasil e no mundo. Com muitas pessoas que diziam que amaram e outros que disseram que odiaram a trama com todas as forças. Mas não vim aqui no blog para discutir isso, até mesmo por que eu fui uma das pessoas que amou de corpo e alma a história do livro e também a escrita leve e descontraída da autora.
         Depois desse pequeno contratempo eu logo pedi para minha mãe comprar o livro, naquele dia sai sorridente da livraria e logo no caminho de casa já fui lendo algumas coisas, como a sinopse que por um acaso eu não tinha nem lindo ainda. Quando li a frase :
"De três coisas estava convicta, primeiro Edward era um vampiro, segundo havia uma perde dele -e eu não sabia que poder essa parte teria- que tinha cede de sangue e a terceira eu esta irrevogavelmente apaixonada por ele (...)"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...